Cortina na decoração da sala: 4 truques para deixar o ambiente mais bonito e amplo

Cortina na decoração da sala: 4 truques para deixar o ambiente mais bonito e amplo Riva Incorporadora

É possível trazer amplitude e charme com alguns truques que envolvem a cortina na decoração da sala.

Quando começamos a compor um ambiente, temos o costume de escolher uma poltrona, renovar os revestimentos e investir em diferentes itens decorativos, deixando outros elementos de lado, certo? Um deles envolve uso da cortina na decoração da sala de estar.

Mas saiba que esse item é muito importante e serve para proteger o espaço contra a iluminação excessiva. Ele ainda é imprescindível para garantir privacidade aos moradores e, de quebra, ajuda a valorizar a estética do cômodo.

Porém, no momento de eleger o modelo ideal, algumas pessoas podem sentir certa insegurança. Afinal, com tantas alternativas disponíveis no mercado, como eleger aquela certeira para o seu lar?

Sabemos que essa tarefa requer cuidado, atenção e, claro, uma pitada de conhecimento em decoração. E para te ajudar ao longo dessa empreitada, trouxemos algumas dicas que farão toda a diferença no resultado do seu projeto. Acompanhe, anote e faça o seu melhor investimento!

Observe as cores

Antes de tudo, você terá que definir qual é a cor ideal para a sua cortina na decoração da sala. Nesse momento, o ideal é redobrar os seus cuidados, pois a tonalidade errada poderá causar efeitos indesejados no espaço, como grandes chances dos moradores enjoarem e, inclusive, experimentarem uma maior sensação de cansaço no local.

Diante disso, a nossa recomendação para quem não quer errar é recorrer às versões claras e neutras, como as brancas, acinzentadas e beges. Isso garantirá que o ambiente promova maior impressão de aconchego e tranquilidade.

O objetivo é bloquear completamente a luz externa? Então, considere utilizar uma cortina do tipo blackout, confeccionada em materiais bem espessos e ótimos para manter o ambiente escuro.

Faça a combinação correta com outros tecidos

Assim que iniciar a sua busca, você perceberá que existem cortinas confeccionadas em diversos materiais. Entre os mais utilizados do momento, estão:

  • Voil;
  • Linho;
  • Seda;
  • Cambraia.

Inicialmente, a escolha dependerá do estilo de decoração de cada morador. Ainda assim, é necessário observar a durabilidade das alternativas, além da sua manutenção e até a capacidade de bloquear a luz.

Fora isso, prefira as versões que conversem com o restante da sua decoração. Nessa etapa, o tecido das cortinas atua como um complemento para o estofado dos móveis, por exemplo. O seu sofá é repleto de textura? Possui cores marcantes e até estampas?

Uma solução é recorrer aos tecidos que também cumpram essas características. Esse é o caso da musselina, do brocado, do paisley e até da lona. Seguindo tais recomendações, todo o ambiente ganhará uma atmosfera equilibrada e, ao mesmo tempo, superintimista.

Considere o tamanho da cortina

Será preciso medir muito bem o seu cômodo antes de encomendar a cortina ideal. Para tanto, comece tirando as medidas da parede onde será instalado o artigo. Nessa etapa, também é essencial definir se a sua cortina na decoração da sala estará presente “do teto até o chão” ou se a ideia é apostar em um modelo curto.

Segundo os especialistas no tema, existem alguns truques que devem ser praticados à risca para alcançar o melhor efeito. Veja:

  • Se não houver móveis abaixo, a cortina deve ir até o chão;
  • É importante que a base da cortina fique entre 5 e 10 centímetros abaixo do teto;
  • Evite utilizar um varão do tamanho exato da sua janela. Em vez disso, prefira uma estrutura maior, para que o tecido fique bem-disposto, e não acumulado em um só ponto;
  • As cortinas pequenas são responsáveis por transmitir a ideia de que o cômodo é menor. Já as longas transbordam elegância e amplitude.

Capriche nos acabamentos

Agora, veja como usar os acabamentos de maneira correta em sua decoração:

  • Trilho: é uma estrutura mais antiga e tradicional. Hoje em dia, é utilizada em tetos com sancas, ficando camuflada na decoração para sala;
  • Varão: versátil e bem simples de instalar. Pode ser encontrado em modelos de madeira ou metal. Já o tecido da cortina deve ser pendurado com a ajuda de argolas, passantes ou ilhós;
  • Persiana: muito comum em escritórios. Contudo, as opções mais contemporâneas e estilosas também estão sendo instaladas em dormitórios e salas de estar pequenas.

E aí, gostou dessas dicas sobre como incluir uma bela cortina na decoração da sala? Estamos torcendo para que o seu lar fique ainda mais bonito e aconchegante!

Caso queira saber mais sobre o assunto, aproveite para conferir outro post a respeito do décor de apartamentos pequenos. A leitura é muito simples e valerá a pena!

Banner Final

A Direcional está presente em 13 estados e no Distrito Federal e há mais de 40 anos garante o sonho da casa própria para milhares de pessoas. São mais de 180 mil unidades entregues e outras centenas em construção em todo o território nacional.

  • +40
    Anos de Mercado
  • 13
    Estados brasileiros e Distrito Federal
  • + 6 mil
    Colaboradores
  • + 180 mil
    Unidades entregues e/ou incorporadas