Como fazer uma parede de cimento queimado no seu apartamento

Como fazer uma parede de cimento queimado no seu apartamento Riva Incorporadora

Conferimos sua beleza, versatilidade e custo médio. Saiba como o cimento queimado transforma o ambiente!

É difícil resistir a uma boa tendência de decoração, ainda mais quando a novidade envolve recursos que combinam com diferentes estilos. O cimento queimado entra nessa categoria de materiais versáteis porque cai bem em inúmeras composições, do rústico ao contemporâneo.

Você já deve ter visto esse tipo de acabamento em espaços comerciais e residenciais. Ele cria um belo efeito mesclado em tons de cinza, mas também pode ficar colorido com a adição de pigmentos específicos. Inclusive, existem várias formas de fazer e aplicar sobre as superfícies.

Neste artigo, vamos mostrar como aproveitar a técnica para transformar as paredes do seu apartamento. Fique de olho nas dicas e tire suas principais dúvidas!

O que é cimento queimado e por que virou tendência?

Embora não seja novo no mercado da construção civil, esse método nem sempre foi valorizado em projetos de design e arquitetura. Antigamente, era muito usado para compor pisos duráveis e de alta resistência. Com o tempo, por conta de sua beleza, foi conquistando espaço de destaque nos lares modernos.

Vale destacar que não há presença de fogo ou calor durante a aplicação. O nome da técnica resulta do processo de queima do cimento, que ocorre quando o pó seco é jogado sobre uma camada de argamassa úmida. Em contato com a mistura molhada, o produto reage deixando traços e manchas permanentes.

Essas marcas típicas do material é que dão o charme desejado. Por conta delas, você não terá uma parede em cinza puro. O resultado será uma superfície com borrões abstratos que, juntos, geram uma estampa exclusiva para incrementar a decoração de cozinhas, salas e outras áreas residenciais.

Principais vantagens da textura de cimento queimado

Se você gosta desse tipo de acabamento, já tem um excelente motivo para aderir à tendência. Um de seus pontos positivos está na tonalidade neutra do material, que faz com que a técnica funcione em diferentes propostas. Sabemos que o cinza é uma cor discreta, que serve de fundo para vários elementos.

Como não chama tanta atenção, o tom transmite sobriedade e elegância a qualquer ambiente. Ele harmoniza com temas que preservam as características originais dos materiais — o que ocorre no estilo industrial, rústico e moderno. Também dá destaque aos conceitos de urban jungle e garden room.

Quem prefere um visual mais divertido não precisa se preocupar. Afinal, a mistura é versátil e pode receber pigmentos em diferentes cores. Isso significa que, de acordo com a estética desejada e outras preferências, você consegue obter um cimento que tenha nuances amarelas, azuis, verdes ou vermelhas.

Outra vantagem do cimento queimado inclui a facilidade de aplicação. Se cumprir as etapas na ordem correta e respeitar o tempo de cura do material, você certamente terá sucesso. Seja qual for o método escolhido, lembre-se de sempre seguir as recomendações contidas nos rótulos dos materiais.

Por fim, destacamos o baixo custo entre os benefícios do acabamento. Quando comparado aos revestimentos tradicionais, como o porcelanato, a cerâmica e o azulejo, ele sai mais em conta. Os gastos com a mão de obra variam bastante, então, compare as condições se resolver contratar um especialista.

Quais são os passos para aplicar nas paredes?

O mercado está sempre lançando e atualizando produtos para facilitar a vida dos consumidores. As mudanças são tantas que já existem misturas prontas para você criar sua parede em cinza queimado. Se pesquisar sobre algumas marcas de tintas, verá que muitas trabalham com acabamentos especiais.

Outra ideia decorativa é apostar em materiais que simulam a tonalidade e o aspecto queimado do cimento. As placas de porcelanato e os papéis de parede com estampa mesclada são bons exemplos. Basta escolher o recurso que mais agrada e melhor atende às suas necessidades para aplicar sobre a superfície.

Mas e a técnica tradicional do cimento queimado, como é feita? Essa opção exige um cuidado maior para que traga o resultado esperado. Para facilitar, listamos a sequência de passos que você deve seguir.

Separe os materiais

Para a argamassa do acabamento, providencie água, cimento e areia. Os instrumentos incluem uma bandeja para colocar a mistura, desempenadeira e colher de pedreiro. Também separe um pedaço de lixa, um pouco de fita crepe e materiais que possam forrar o piso.

Proteja o ambiente

Com pedaços de papelão, panos ou tecidos, cubra todo o piso que fica sob a parede que vai receber o novo acabamento. Com pedaços de fita crepe, proteja as bordas das paredes vizinhas, rodapés, sancas, tomadas e interruptores que possam ter contato com a argamassa.

Prepare a parede

A superfície precisa estar nivelada e livre de partículas para que o cimento queimado fique perfeito. Então, comece o preparo da parede lixando toda a área. Em seguida, passe um pano úmido para remover toda a poeira e outros resíduos.

Misture os produtos

A argamassa pode ter composições diferentes. Em geral, usa-se a proporção de uma medida de cimento para 3 ou 4 de areia. Faça um teste para definir a consistência ideal, colocando esses materiais na bandeja e adicionando água aos poucos, até conseguir uma solução homogênea e pastosa.

Aplique com calma

Umedeça a parede e, com o auxílio dos instrumentos, vá colocando pequenas quantidades de argamassa sobre a parede. Jogue pequenas porções com a colher de pedreiro e utilize a desempenadeira para espalhar e nivelar as camadas.

Queime o cimento

Esse é o momento que diferencia a técnica tradicional das demais. Sobre a argamassa ainda úmida, jogue um pouco de pó de cimento e espere a mistura absorver o produto. Depois, passe a desempenadeira fazendo movimentos circulares por toda a parede, para obter o visual rústico.

Aguarde a secagem

O cimento demora alguns dias para secar por completo, então, evite mexer na superfície logo que terminar a aplicação. Se quiser melhores resultados, faça o processo de cura lento, borrifando um pouco de água na argamassa a cada 12 horas, por 5 dias.

Faça o acabamento

Quando a superfície estiver pronta, você tem a opção de deixar a textura original (áspera) ou lixar para obter um toque liso. Se quiser proteger e dar brilho ao acabamento, pode aplicar uma camada de verniz sobre toda a parede.

O que achou dessa tendência para incrementar a decoração do apartamento? Esperamos que curta as sugestões apresentadas e consiga encontrar o melhor produto para colocar a mão na massa! O importante é que o efeito de cimento queimado seja preservado para valorizar ainda mais o seu ambiente.

Agora, que tal compartilhar o post nas suas redes sociais e ajudar outras pessoas com essa ideia?

Banner Final

A Direcional está presente em 13 estados e no Distrito Federal e há mais de 40 anos garante o sonho da casa própria para milhares de pessoas. São mais de 180 mil unidades entregues e outras centenas em construção em todo o território nacional.

  • +40
    Anos de Mercado
  • 13
    Estados brasileiros e Distrito Federal
  • + 6 mil
    Colaboradores
  • + 180 mil
    Unidades entregues e/ou incorporadas