Confira o novo portal de privacidade do Grupo Direcional

Confira o novo portal de privacidade do Grupo Direcional Riva Incorporadora

Site apresenta as práticas da companhia em relação a LGPD e outros assuntos relacionados

Atendendo a LGPD (Lei Geral de Proteção de Dados), o Grupo Direcional lançou um portal de privacidade para que seus clientes, visitantes, fornecedores e acionistas  possam ter o conhecimento de todas as informações que a empresa possui acerca de cada um. Com isso, além de entender como os dados são utilizados, eles podem solicitar correções ou a exclusão das informações.

O portal busca proporcionar maior transparência e confiabilidade em como a companhia atua na proteção à privacidade e tratamento dos dados pessoais, por isso ele contempla informações importantes como os direitos dos titulares e o processo de armazenamento em seus servidores.

Mas afinal, o que é a LGPD?

A LGPD é uma norma aprovada em 2018, válida para todas as empresas, independente do porte, em que permite que as pessoas tenham direito ao controle de seus dados para que, assim, possam preservar sua liberdade e privacidade. 

O tratamento de dados pessoais, segundo a legislação, é qualquer forma de contato e recepção das informações de uma pessoa, independentemente de como esses dados são utilizados e se estão ativos ou não. De acordo com a lei, os dados pessoais podem ser desde o nome, endereço e até mesmo os dados de navegação.

Como o Grupo Direcional utiliza os dados pessoais de seus clientes? 

Devido ao grande número de dados coletados pela empresa, a Direcional adotou o modelo onde é feito uma autorização informando para as pessoas que elas estão cientes do fornecimento de suas informações e que irão receber esclarecimentos sobre como os dados estão sendo usados pela empresa.

Dentre esses usos estão: o cumprimento de obrigações legais, a prevenção de falhas técnicas e fraudes, o mapeamento de informações e estatísticas, auditorias internas e externas, pesquisas de satisfação, ações de marketing, entre outros.

O armazenamento é feito em um banco de dados seguro, sendo restrito a poucas pessoas que são obrigadas, por contrato, a manter sigilo sobre as informações, podendo sofrer penalização de acordo com a legislação caso não as utilize de forma adequada.    

Quais são os direitos dos titulares dos dados?

É essencial que os titulares dos dados conheçam seus direitos, isso ajuda tanto a entender melhor como funciona a lei quanto garantir maior segurança em relação às informações fornecidas para a empresa.

Dentre esses direitos estão a solicitação da correção dos dados incompletos ou desatualizados, a confirmação da existência do tratamento das informações pessoais e o direito ao acesso delas. Além disso, podemos citar ainda a anonimização, bloqueio ou eliminação dos dados pessoais desnecessários, excessivos ou tratados em desconformidade.

Para isso, basta o cliente, fornecedor, visitante ou qualquer usuário abrir uma solicitação diretamente pelo portal, informando o que deseja saber em relação aos seus dados pessoais. A Direcional avalia caso por caso e atua de acordo com o que foi pedido. A empresa ainda oferece um material gratuito sobre a LGPD, em que esclarece de forma simples o assunto.

Gostou de saber mais sobre a lei LGPD e como o Grupo Direcional atua nesse quesito? Então, aproveite e confira como a companhia aplica os conceitos de ESG na construção civil

A Direcional está presente em 13 estados e no Distrito Federal e há mais de 40 anos garante o sonho da casa própria para milhares de pessoas. São mais de 180 mil unidades entregues e outras centenas em construção em todo o território nacional.

  • +40
    Anos de Mercado
  • 13
    Estados brasileiros e Distrito Federal
  • + 6 mil
    Colaboradores
  • + 180 mil
    Unidades entregues e/ou incorporadas