Regras de convivência: confira as principais dicas para a harmonia em condomínios

Regras de convivência: confira as principais dicas para a harmonia em condomínios Riva Incorporadora

Se você pretende comprar um imóvel em um condomínio fechado, saiba que é fundamental conhecer as regras de convivência no local.

Afinal, viver em um lugar como esse requer atenção às normas, pois isso garante uma relação harmônica com os vizinhos.

Pensando nisso, a Direcional decidiu produzir este conteúdo, em que você vai conhecer regras importantes para manter uma boa convivência com os demais moradores.

Assim, leia este artigo até o final. Boa leitura!

Regras de convivência em condomínios: detalhes que você deve se manter atento

Quem mora em condomínio, normalmente, procura um local em que possa viver em paz e com tranquilidade.

Para que isso seja possível, é necessário haver harmonia entre os moradores e cada um deve fazer a sua parte.

Porém, garantir um ambiente respeitoso exige a existência de regras e convenções, que determinem o modo de agir em grupo dos condôminos.

Para você entender como funcionam as regras de convivência, veja o que é regimento interno e convenção do condomínio.

Regimento interno

Normalmente, os condomínios possuem um regimento interno, que é um regulamento cujo objetivo é esclarecer as regras de convivência entre os moradores.

Por exemplo, ele estabelece os dias e horários para mudanças e obras, a permissão para ter animais de estimação, entre outras definições.

Em alguns casos, são os condôminos que elaboram o regimento, quando ele já não é incluído na convenção do condomínio.

Convenção do condomínio

A convenção do condomínio é outro instrumento importante para estabelecer as regras de convivência.

Assim como o regimento, cada condomínio tem sua própria convenção, que determina as multas e advertências aplicáveis a casos de descumprimento das normas.

Além disso, esse documento determina regras de uso dos espaços comuns do condomínio, entre outras definições.

Por exemplo, ficam definidos aspectos sobre o fundo de reserva, as atribuições do síndico, as convocações de assembleia, entre outros.

Agora que você conhece os documentos que praticamente todo condomínio tem, chegou o momento de conferir algumas regras básicas de convivência entre os vizinhos.

Lista de regras básicas de convivência: confira as principais dicas 

Para que a relação entre os vizinhos seja tranquila e livre de conflitos, é fundamental que todos sigam as regras de convivência.

Afinal, ter algumas normas faz toda a diferença, pois são elas que determinam o que pode e o que não pode ser feito, visando o respeito ao espaço do outro.

Porém, além de seguir as regras, é necessário que cada morador tenha respeito com os demais, para que ninguém se aborreça.

Por essa razão, vamos apresentar algumas regras básicas de convivência, para que a vida no condomínio seja calma e agradável. Confira!

Regras de convivência

Cuidado com obras 

É inevitável passar por momentos de obras ou reformas no condomínio. Porém, nessas ocasiões, é importante tomar muito cuidado.

Assim, você precisa se informar sobre as regras para a realização de obras e segui-las com atenção.

Além disso, é importante avisar ao síndico, ao zelador e aos vizinhos sobre a obra, para que todos possam se preparar para esse momento.

Muito importante, ainda, é respeitar o horário de silêncio. Por isso, não deixe que sua obra aconteça em horários do dia em que não é permitido fazer muito barulho.

Atenção ao lixo

Manter o ambiente limpo é obrigação de todos os moradores. Dessa forma, não deixe lixo nas áreas comuns do condomínio.

Também não jogue nada pela sua janela. Afinal, seu lixo precisa ser empacotado corretamente, transportado pelo elevador de serviço e colocado no local indicado.

Respeite os funcionários

Uma regra fundamental que devemos seguir em qualquer situação é tratar outras pessoas com respeito, da forma como nós queremos ser tratados.

Por isso, não é adequado tratar os funcionários do condomínio com desdém, nem solicitar favores ou serviços particulares.

Além disso, lembre-se de usar sempre de boa educação para fazer qualquer questionamento ou reclamação.

Solicitar serviços particulares dos funcionários ou tratá-los com grosseria são atitudes inadmissíveis em qualquer condomínio.

Bom uso do elevador

Se o condomínio tiver elevador de serviço, provavelmente, haverá regra sobre o uso adequado dele e do elevador social.

Por isso, é preciso ter bom senso, mesmo nos casos em que o condomínio não estabelece regras específicas a esse respeito.

Por exemplo, evite travar a porta por muito tempo, bem como não use o elevador social para transportar lixo ou pacotes muito grandes.

Cuidado no estacionamento

O estacionamento é outro espaço em que as regras de convivência são importantes. Assim, respeite a vaga de cada vizinho.

Além disso, evite buzinar ou usar luzes muito altas. Isso sem falar da velocidade, que deve ser respeitada.

Saiba que você pode ser multado se exceder a velocidade máxima dentro do condomínio.

Outra regra é permitir que o motorista que estiver chegando na garagem passe primeiro, caso você esteja saindo.

Confira regras sobre pets

Regras de convivência - Planta apartamento Reserva do Sol Direcional 1
Regras de convivência – Planta apartamento Reserva do Sol Direcional 1

Muitas pessoas fazem questão de ter um bichinho de estimação em casa, pois consideram que eles são ótimos companheiros.

No entanto, antes mesmo de decidir morar em um condomínio, verifique se o local aceita pets.

Caso aceite, sua preocupação deve ser com o tipo de animal que pode ser criado no condomínio, bem como se há limite de tamanho.

Já quando for levá-lo para passear, use o elevador de serviço para chegar até a área permitida e sempre limpe a sujeira que ele fizer.

Seguindo as regras que apresentamos ao longo desse artigo, temos certeza de que sua convivência com os vizinhos será satisfatória e livre de conflitos.

Agora você já está pronto para morar em um condomínio

Como você pôde perceber, seguir as regras de convivência do condomínio permite evitar problemas com os demais moradores.

Por isso, quando você se mudar para um local fechado, procure conhecer e respeitar todas as normas.

Dessa forma, você e seus vizinhos vão poder viver em harmonia e sentir o prazer de estar em casa e viver em um local harmônico e sossegado.

E claro, se estiver em busca do sonho do imóvel próprio, você pode contar com a Direcional. Afinal, são mais de 40 anos de experiência no mercado, entregando projetos modernos e com total qualidade. 

Esperamos que você tenha gostado do artigo. Se quiser ler mais sobre a vida em condomínios, confira outras publicações do Blog da Direcional.

CTA Direcional.

A Direcional está presente em 13 estados e no Distrito Federal e há mais de 40 anos garante o sonho da casa própria para milhares de pessoas. São mais de 180 mil unidades entregues e outras centenas em construção em todo o território nacional.

  • +40
    Anos de Mercado
  • 13
    Estados brasileiros e Distrito Federal
  • + 6 mil
    Colaboradores
  • + 180 mil
    Unidades entregues e/ou incorporadas