Quitar financiamento é uma boa opção? Descubra tudo sobre o assunto

Quitar financiamento é uma boa opção? Descubra tudo sobre o assunto Riva Incorporadora

Quitar financiamento antes da data prevista pode te trazer uma série de vantagens, especialmente quando você tem um aumento de renda durante a vigência do contrato. Portanto, saiba como esse processo funciona neste conteúdo que preparamos para você!

Quando você solicita crédito imobiliário, são estipulados valores e prazos para o pagamento das parcelas. Mas, por se tratar de uma dívida de longo prazo, podem aparecer oportunidades de quitar o financiamento com antecedência.

Contudo, muitas pessoas ficam na dúvida se é possível tomar essa atitude e quais são as consequências ou benefícios dessa decisão.

Pensando nisso, fizemos este post esclarecendo os principais pontos sobre este assunto. Assim, você saberá se essa é uma boa opção para a sua realidade e como fazer isso da melhor forma possível.

É possível quitar financiamento antes do prazo?

Sim, é possível quitar financiamento antes do período estabelecido e os bancos são obrigados legalmente a aceitar o pedido de quitação, de acordo com o Código de Defesa do Consumidor. 

Portanto, é possível reduzir o prazo ou o valor das prestações do financiamento imobiliário a qualquer momento, desde que sejam respeitados os termos do contrato e as leis vigentes.

Afinal, vale a pena quitar financiamento?

Ao quitar financiamento, o Código de Defesa do Consumidor também garante ao cliente o direito de receber um desconto sobre os juros incidentes proporcional ao tempo de adiantamento.

Então, calcula-se esse desconto com base no tempo restante para o término do financiamento: quanto menor o tempo, maior o desconto. 

Por isso, muitas pessoas optam por antecipar o pagamento quando conseguem uma fonte adicional de renda, como uma herança, adiantamento de salário, a venda de um bem, entre outros.

Sendo assim, vale a pena antecipar a quitação do financiamento quando há:

  • Descontos significativos no valor total da dívida;
  • Redução dos juros nas parcelas adiantadas;
  • Diminuição do número de parcelas;
  • Fontes de renda extra que podem ser utilizadas para esse fim;
  • Vontade de realizar um novo financiamento.

Detalhes que você precisa levar em consideração

Ficar livre de uma dívida é sempre um alívio, mas quando se trata de um financiamento imobiliário, há algumas considerações importantes a serem feitas na hora de tomar essa decisão.

Isso porque, antes de adiantar as parcelas, é importante analisar a origem e a quantidade do dinheiro que você terá para antecipar o financiamento, pois isso pode afetar sua capacidade financeira no futuro.

Sendo assim, você deve analisar se o dinheiro extra estará disponível apenas uma vez ou se será um aumento de renda fixo. Dessa forma, poderá avaliar se quitará a dívida totalmente ou parcialmente ou se deveria investir esses recursos em outra aplicação.

Outro ponto a se observar é o índice de inflação do país. Isso porque é a partir dessa informação que os bancos e construtoras calculam os descontos e benefícios da antecipação do pagamento.

Portanto, podem existir épocas melhores ou piores para amortizar o saldo devedor.

Como quitar financiamento: conheça suas opções

shutterstock 1653684415 Quitar financiamento é uma boa opção? Descubra tudo sobre o assunto

Se você levou todos os pontos entendidos até aqui em consideração e chegou à conclusão que vale a pena quitar o seu financiamento, é importante que você saiba as diferentes maneiras de fazer isso. Conheça as melhores opções a seguir!

Utilizar o FGTS

Todas as pessoas que trabalham com carteira assinada — ou seja, em regime CLT (Consolidação das Leis do Trabalho) — têm direito ao Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS).

Contudo, nem todos sabem que é possível utilizar esse recurso na compra de imóveis, compondo até 80% do valor das parcelas pelo período de um ano ou quitando totalmente o saldo devedor.

Então, embora não haja um  limite de quantas vezes você pode usar seu saldo do FGTS, é necessário ter um intervalo de, pelo menos, 2 anos para utilizá-lo novamente.

Além disso, existe a modalidade de saque-aniversário, que permite retirar um valor do fundo de garantia anualmente no mês que você nasceu. Sendo assim, você pode investir essa quantia e utilizá-la para quitar o financiamento no futuro.

Amortização

Ao fazer o financiamento imobiliário, você e o banco entram em um acordo a respeito das taxas aplicadas e prazos de pagamento, definindo, assim, o valor das prestações.

Contudo, se em algum momento você decidir antecipar o pagamento de uma ou mais parcelas, a quantidade de meses restantes diminuirá, ou seja, você estará amortizando a sua dívida.

Como você viu, o Código do Consumidor garante não só o seu direito de tomar essa atitude como descontos proporcionais ao adiantamento. 

Mas é importante ter em mente que, ao diminuir o prazo, pode haver alteração nas taxas e elas podem se tornar maiores do que as atuais. Por isso, é importante avaliar a decisão com cautela e buscar informações precisas com o banco.

Utilizar o 13º salário

Imagem de uma carteira de trabalho. Imagem ilustrativa para texto quitar financiamento.

É comum que os bancos limitem o valor das parcelas de um financiamento a 30% da renda mensal do solicitante, mas essa porcentagem pode variar de acordo com a política da instituição.

Portanto, ao usar o 13º salário para quitar uma dívida, é possível cobrir mais de uma parcela de uma só vez, dependendo do valor do 13º e do valor das parcelas. 

No entanto, é importante lembrar que essa ação pode afetar sua reserva de emergência. Por isso, você deve considerar seus objetivos financeiros antes de tomar qualquer decisão.

Se planejar financeiramente

Existem diferentes maneiras de juntar dinheiro para quitar financiamento mais rapidamente. Algumas opções incluem:

  • Eliminar gastos supérfluos: identificando despesas que não são essenciais e cortando-as, é possível juntar dinheiro para amortizar as prestações;
  • Conseguir uma fonte de renda extra: trabalhar em um emprego adicional ou fazer algum trabalho como freelancer são algumas formas de ganhar dinheiro extra para quitar a dívida mais rapidamente;
  • Organizar as suas finanças: é essencial ter um bom planejamento financeiro para equilibrar suas despesas. Assim, você garante que terá dinheiro sobrando para amortizar as parcelas.

Se planeje na hora de adquirir seu imóvel

Essas são algumas das opções disponíveis para você quitar financiamento antes do prazo. Contudo, é importante lembrar que qualquer decisão que envolve dinheiro e qualidade de vida deve ser bem pensada e avaliada. 

Por isso, leve em conta suas necessidades e objetivos financeiros antes de tomar qualquer medida precipitada. 

E se você estiver planejando comprar um imóvel, conheça o processo de compra 100% digital da Direcional! Somos uma empresa pioneira em assinatura eletrônica de contratos de imóveis no Brasil.

O processo é simples e rápido. Basta encontrar a opção que melhor atende às suas necessidades em nosso site, entrar em contato conosco, solicitar a análise de crédito e assinar tudo de forma online.

E para ver mais dicas sobre como você pode trocar as parcelas do seu aluguel por prestações do seu novo lar, continue no Blog da Direcional!

CTA Direcional.

A Direcional está presente em 13 estados e no Distrito Federal e há mais de 40 anos garante o sonho da casa própria para milhares de pessoas. São mais de 180 mil unidades entregues e outras centenas em construção em todo o território nacional.

  • +40
    Anos de Mercado
  • 13
    Estados brasileiros e Distrito Federal
  • + 6 mil
    Colaboradores
  • + 180 mil
    Unidades entregues e/ou incorporadas