Instalação de tomadas: como fazer com total segurança

Instalação de tomadas: como fazer com total segurança Riva Incorporadora

Entender como fazer a instalação de tomadas é um passo importante para realizar ajustes pela casa. Confira dicas e um passo a passo simples!

A instalação de tomadas é uma das etapas mais importantes em qualquer lugar. E não importa se você vai trocar as antigas ou acabou de comprar um imóvel e optou por um modelo diferente dos que vieram. Afinal, estamos falando de energia elétrica.

E antes de começar a instalar, há pontos importantes que é necessário saber, como o equipamento que será ligado, a amperagem da tomada e a voltagem do lugar.

Mas não se preocupe! Este artigo vai esclarecer todos estes pontos e te orientar como fazer uma instalação de tomadas simples e segura.

Continue com a Direcional e confira o conteúdo exclusivo que preparamos sobre o assunto. Boa leitura!

Como fazer a instalação de tomadas? Conheça agora o processo

Primeiramente, fizemos um passo a passo para explicar tudo que deve ser feito em uma instalação de tomadas.

Para começar, desligue completamente a energia do local por meio do disjuntor. Em seguida, remova a peça antiga com uma chave de fenda ou Phillips (aquela que tem a ponta em forma de cruz) e retire a capa de proteção da tomada. O próximo passo é desconectar os fios internos.

Pessoa desconectando caixa de tomada. Imagem ilustrativa para texto instalação de tomadas.

Após isso, é preciso conferir se a fiação está correta. Se precisar fazer qualquer reparo, o ideal é desencapar cerca de 5mm dos fios com um alicate.

Caso você não saiba como identificar os fios pelas cores, as normas ABNT para tomadas são: fio azul (neutro), fio verde ou verde com amarelo (terra) e as outras cores (vermelho, preto ou marrom) são o fio fase.

Para ligá-los, comece com o fio terra no pino do meio. O fio fase e neutro ficarão em lados opostos dele. No caso de algum pino possuir a letra N em relevo, ali indica onde o fio neutro deve ir. Para terminar, é só parafusar cada um deles para concluir a instalação de tomadas.

Não se esqueça de voltar com a caixa de proteção para o lugar e religar a energia apenas ao fim de todo o processo. Simples, não é mesmo?

O que é necessário para fazer a instalação de tomadas?

Agora que você aprendeu o básico sobre a instalação de tomadas, é preciso compreender melhor sobre tudo que vai usar no processo. Ou seja, as ferramentas, acessórios e equipamentos.

Primeiramente, assegure-se de ter chaves de fenda em tamanhos diferentes, uma vez que uma mesma tomada costuma ter diferentes parafusos. Além disso, alguns parafusos são específicos para a chave Phillips.

Outro item essencial é a fita isolante, que servirá para garantir a segurança nos pontos onde dois fios se conectam.

Aliás, nunca substitua a fita isolante por similares, como fitas crepes ou durex. Esses outros adesivos não são capazes de isolar a energia e podem causar acidentes graves.

Por último, certifique-se que todos os itens adquiridos são de qualidade e possuem boa procedência. 

As tomadas que serão instaladas precisam ter o selo do Inmetro para garantir que passaram por rigorosos testes de qualidade. Isso inclusive ajuda na economia de energia.

Cuidados necessários para fazer a instalação segura

Seja uma instalação de tomadas realizada por um profissional ou feita por uma pessoa sem experiência, os cuidados devem ser os mesmos. Isso porque uma descarga ou choque elétrico pode causar sérios danos a qualquer pessoa.

Além disso, ao final da instalação, é importante garantir a segurança de outras pessoas que também irão utilizar as tomadas.

Por isso, há quatro pontos primordiais para que a instalação seja completamente segura:

1 – Nunca improvise nenhum item. Na ausência, inutilize a tomada até conseguir ter todas as peças necessárias;

2 – Mantenha possíveis pontos de calor ou água longe das tomadas. Isso significa ter certeza que em momento algum ela poderá superaquecer ou molhar;

3 – A instalação de tomadas para equipamentos maiores, por exemplo, geladeiras, microondas ou lava-louças deve ser com peças de 20 amperes. Por sua vez, aparelhos como notebooks, som e TV podem ser ligados em tomadas de 10 amperes;

4 – Evite instalar tomadas que não permitam o acesso a ela de maneira fácil. Por exemplo, atrás de móveis pesados ou cortinas compridas. Isso porque é importante conseguir acessá-las caso seja necessário desligar o equipamento.

Instalação de tomadas: simples e duplas

A diferença das tomadas simples e duplas quando o assunto é instalação se refere basicamente que se leva maior tempo nas últimas. Isso porque, ao possuir mais entradas, também é necessária a conexão de mais fios. Entretanto, o processo é o mesmo.

O que muda é que, quando chegar o momento de conectar o fio à tomada, é necessário escolher uma entrada principal que conduzirá a energia. Após isso, as demais serão secundárias e basta unir umas às outras, seguindo o mesmo critério de cor.

Tenha atenção para que os fios não se cruzem, uma vez que são em maior quantidade. E, para finalizar, caso haja o fio terra, conecte-o no centro da nova tomada.

Pessoa conectando cabo em tomada. Imagem ilustrativa para texto instalação de tomadas.

Como instalar tomadas USB?

O USB é um formato padrão para cabos e conectores muito usado no mundo todo e certamente você o conhece. Ele está presente em computadores, TVs, pendrives e até mesmo no cabo de celulares e tablets.

E por essa utilização cada vez maior, também passou a estar presente em tomadas. Dessa forma, você pode carregar acessórios eletrônicos ligando diretamente o cabo. Ou seja, sem a necessidade de um carregador. 

Esse modelo costuma ser muito utilizado em escritórios, principalmente para quem trabalha no home office e quer praticidade para ligar todos seus equipamentos de trabalho.

A boa notícia é que, mesmo se tratando de outro padrão, a instalação de tomadas USB é exatamente igual a de tomadas convencionais. O único ponto de atenção ainda é vantajoso, já que para o USB, não existe o padrão tradicional de 110v ou 220v.

Em resumo: as tomadas USB podem conectar tanto dispositivos 110v e 220v, porque possuem um transformador compatível. Porém, o mesmo não se aplica a tomadas convencionais.

Logo, se uma tomada tiver ambos, considere sempre a voltagem da sua casa. Se não fizer isso, você poderá danificar aparelhos eletrônicos ou causar curto circuito.

Entenda como instalar um interruptor

Para finalizar, vamos abordar a instalação de interruptores. Mais uma vez, ela é semelhante ao passo a passo que explicamos sobre as tomadas. Então, basta conferir todos os componentes e ligar os fios em seus respectivos pares.

No caso dos interruptores, o padrão brasileiro é de um fio fase (na cor vermelha) e um fio retorno (na cor preta ou branca).

Após a instalação, você saberá que ela foi feita adequadamente se o espelho do interruptor estiver fixado e as lâmpadas acenderem e apagarem ao apertá-lo. E se já aprendeu como instalar, confira o vídeo abaixo e saiba a forma correta de usar suas tomadas.

Com essas dicas, fica ainda mais fácil trocar as tomadas!

Mesmo exigindo atenção, a instalação de tomadas é um processo bem simples e pode ser realizado de forma rápida e segura. Porém, a dica final que damos é buscar um profissional no menor sinal de dúvidas.

Lembre-se que lidar com energia elétrica requer não descuidar um só minuto, uma vez que qualquer pequeno erro pode custar muito caro.

E se você gostou do conteúdo e quer conferir outros artigos com dicas de reparos, reformas, decoração e muito mais, continue com a gente no Blog da Direcional.

CTA Direcional

A Direcional está presente em 13 estados e no Distrito Federal e há mais de 40 anos garante o sonho da casa própria para milhares de pessoas. São mais de 180 mil unidades entregues e outras centenas em construção em todo o território nacional.

  • +40
    Anos de Mercado
  • 13
    Estados brasileiros e Distrito Federal
  • + 6 mil
    Colaboradores
  • + 180 mil
    Unidades entregues e/ou incorporadas