Reformar móveis: Dicas úteis para dar um up em sua casa

Reformar móveis: Dicas úteis para dar um up em sua casa Riva Incorporadora

Já pensou em reformar móveis e conseguir uma cara nova para vários itens na sua casa? Reunimos várias dicas que podem te ajudar nesse processo. Acompanhe!

Reformar móveis antigos é uma tendência bastante comum entre os decoradores há um bom tempo. Contudo, o hábito ganha cada vez mais adeptos por alguns motivos bem simples: praticidade, economia e personalização da casa.

Afinal, vamos combinar que nem sempre a gente quer desapegar de um móvel em bom uso, principalmente se ele possui algum valor sentimental ou é de boa qualidade, não é mesmo?

Além disso, para quem vai comprar um imóvel, já há um bom investimento dedicado para isso. Então, também pode ser uma solução eficaz para gastar menos.

Por isso, a Direcional preparou este artigo exclusivo para quem quer dar um up em sua casa e uma nova cara para aquele móvel antigo. Confira conosco e boa leitura!

Afinal, é melhor comprar ou reformar móveis?

Para começar, vamos responder sobre comprar móveis ou reformá-los com outra pergunta: o item em questão é funcional, peça única ou pode ser reformado?

Se você respondeu “sim” a qualquer uma destas perguntas, reformar pode ser a opção!

Contudo, é preciso ter atenção se a reforma vai exigir peças ou acessórios específicos. Nestes casos, pode ser que a reforma saia muito mais cara que um móvel novo.

Por último, há casos em que o apego sentimental fala mais alto. Por exemplo, quando o móvel foi presente ou ainda doado por alguém que o dono tem grande apreço.

Logo, o ideal é sempre pesar estas possibilidades.

De modo geral, com um pouco de criatividade, até mesmo aquele móvel sem vida ou um pouco surrado pode ganhar uma cara nova. Aposte sempre nisso!

Parte de um móvel com a tinta sendo retirada. Imagem ilustrativa para texto reformar móveis.

Principais benefícios de reformar móveis

Conforme explicamos no início do texto, reformar móveis pode dar aquele up em qualquer ambiente e pode ainda harmonizar com a decoração do seu lar.

Além disso, a maior parte dos móveis que compramos são feitos em série. Ou seja, são itens idênticos a vários outros, e ao reformá-lo, você pode criar um visual único para ele.

Para isso, uma dica é pesquisar itens similares a ele, pensar em texturas, cores ou acessórios que possam deixá-lo mais bonito no espaço em que ele irá ocupar.

E se falamos em economia, é importante ressaltar que a maior parte das reformas pode economizar em até 70% o valor de um imóvel novo. Bastante atrativo e não compromete o planejamento financeiro familiar, não concorda?

Diferença entre restaurar e reformar móveis

Para muitas pessoas, restaurar e reformar podem parecer a mesma coisa. Mas é importante explicar que não é bem assim! 

Isso porque restaurar propõe manter a originalidade da peça. Por sua vez, reformar é uma situação que oferece maior liberdade e criatividade.

Em outras palavras, podemos afirmar que quem opta por restauração irá buscar manter a estrutura, cores e formas originais do móvel. Já a decisão de reformar móveis se relaciona basicamente em deixá-lo funcional, ainda que com um design diferente.

Aliás, o restauro de móveis costuma ser feito por profissionais especializados e é indicado para itens de maior valor ou importância. Reformar móveis – o foco do nosso conteúdo – pode ser feito por qualquer pessoa com criatividade e destreza.

É possível reformar móveis planejados?

Sim, é possível. Mas seguindo a dica anterior, é preciso compreender se o móvel precisa de restauração ou reforma. Isso porque há casos em que cupins, mau uso ou mesmo a ação do tempo podem danificar os móveis planejados e comprometerem sua estrutura.

Neste caso, pode ser que um profissional precise realizar o trabalho.

Porém, se o caso for algumas lascas de madeira que se soltaram ou mesmo a leve ação do tempo, dá para reformar móveis planejados sem o menor problema. 

E se for pintar, aproveite e confira antes nosso artigo sobre o significado das cores na decoração que tudo vai ficar ainda mais incrível!

Cuidados a se tomar na hora de reformar móveis

Primeiramente, antes de partir para a reforma de um móvel, certifique-se sua condição de uso e se a estrutura encontra-se firma e correta. É possível que, a depender do tempo de uso, parafusos, pregos, porcas ou outros itens de conexão estejam bambos ou soltos.

Caso seja um móvel que possa ser desmontado, anote nas peças o número dos encaixes ou tire fotos em todos os ângulos. Dessa forma, na hora de montar, você não terá dificuldade de deixá-lo como era antes.

Móveis de madeira ou compensados devem ser lixados antes de uma nova pintura. 

Opte também por isso caso decida renovar a demão de verniz.

Por último, considere que qualquer pintura precisa de certo tempo para secar. Logo, realize o processo de reforma em um espaço exclusivo para isso, seja a garagem, quintal ou um canto da casa. Forre o chão com jornais para reduzir a sujeira.

Pequenos reparos precisam de atenção

Muitas vezes, desconsideramos reformar móveis apenas porque ele apresentou um pequeno furo, empeno, rasgo ou avaria. Mas aí reside um grande erro! Isso porque, quanto antes cuidarmos dos reparos, menor a chance deles danificarem o móvel de forma maior.

Então sempre se atente a esse detalhe importante.

Reutilize outros móveis ou peças

A reforma de um móvel pode ser o momento de se desfazer de outros. Afinal, se vai cuidar de uma peça da casa, porque não olhar todas que podem precisar de reparos?

Nessa hora, há uma dica de ouro: confira se em possíveis móveis que irão para o descarte, se não há peças que servem em outros. Pode ser que aquela poltrona velha e sem lugar ofereça uma excelente peça, por exemplo, para uma cadeira que será reformada.

Mulher pintando um móvel. Imagem ilustrativa para texto reformar móveis.

Faça você mesmo a reforma dos móveis apenas se souber

Gostou das dicas até aqui e já está pronto para iniciar sua primeira reforma? Pois não comece nada caso você não tenha habilidade para reformar móveis.

E não considere que isso seja ruim, já que nem todos sabem realmente o que fazer nestas ocasiões.

Quando falamos de iniciar a reforma apenas se souber, não é necessário ser um expert no assunto. Mas há cuidados que este tipo de tarefa exige.

Mas para te deixar mais tranquilo, novamente há a alternativa de pesquisar na Internet. No Youtube, por exemplo, você encontra tutoriais que podem servir de referência. Quanto mais você pesquisar, certamente melhor ficará a sua reforma.

Quer ver como isso funciona? Em um deles, nós descobrimos que é possível determinar o acabamento de móveis antigos com uma simples aplicação de álcool. Para isso, é só colocar um pouco do líquido em uma área não visível do móvel e esperar por 5 minutos.

Se o acabamento sair, significa que ele é de goma-laca. Se não sair, você pode tentar o mesmo teste com diluente comum e caso consiga remover, o acabamento foi feito com laca.

Se ambos os testes falharem, você está lidando com verniz.

E aí, o que achou desta curiosidade?

Divirta-se durante o processo

Para finalizar, não deixe de fazer com que todo o processo seja divertido. Se tiver crianças, faça com que elas também participem, tomando apenas os cuidados com materiais nocivos.

De modo geral, reformar móveis pode ser um momento de interação para toda a família.

E não se esqueça: dê tempo ao tempo e não queira fazer tudo de uma vez só!

Aproveite para fazer pequenos filmes de cada etapa, o que pode render um clipe de muitos likes com um antes e depois em suas redes sociais.

Anotou as dicas para reformar móveis? Mãos à obra!

Agora que você conferiu nossas super dicas para reformar móveis e ter um visual completamente novo de sua sala, quarto, escritório ou cozinha, não deixe de conferir outros artigos da Direcional sobre decoração.

Cada conteúdo é pensado em levar até você informações que vão deixar a sua casa ou apê muito mais bonito e aconchegante. Esse é o nosso jeito de transformar a vida de tanta gente, mesmo após ter realizado o sonho de ter um lugar para chamar de seu!

Confira outros artigos no Blog da Direcional e compartilhe para que mais pessoas saibam sobre o assunto!

CTA Direcional

A Direcional está presente em 13 estados e no Distrito Federal e há mais de 40 anos garante o sonho da casa própria para milhares de pessoas. São mais de 180 mil unidades entregues e outras centenas em construção em todo o território nacional.

  • +40
    Anos de Mercado
  • 13
    Estados brasileiros e Distrito Federal
  • + 6 mil
    Colaboradores
  • + 180 mil
    Unidades entregues e/ou incorporadas