Crianças em casa, cuidado constante

Crianças em casa, cuidado constante Riva Incorporadora

Crianças em casa exigem atenção e cuidados constantes para que a segurança dos pequenos seja garantida!

Ter crianças em casa é muito bom, mas também exige atenção, afinal, elas são imprevisíveis e, justamente por não terem a mesma noção de perigo do que os adultos, muitas vezes acabam se colocando em situações de risco.

Como as crianças costumam passar muito tempo em casa, os responsáveis têm a falsa sensação de que se trata de um local mais seguro. Contudo, na realidade, trata-se de um ambiente que conta com objetos que representam potenciais riscos de acidentes e, portanto, também exige atenção.

Se você tem crianças em casa, continue a leitura deste post porque vamos apresentar importantes orientações para que os pequenos se mantenham seguros e saudáveis, bem como as adaptações que devem ser feitas nos apartamentos. Não perca!

Cuidados com crianças em casa

Existem alguns cuidados que os adultos devem ter pra que as crianças fiquem seguras, inclusive dentro de casa. A seguir, vamos apresentar algumas dicas!

Use tapetes antiderrapantes

Existem locais da casa que, em geral, contam com pisos que são mais escorregadios ou que apresentam maior risco de quedas, como o banheiro e a cozinha. Para aumentar a segurança no lar, o recomendado é usar tapetes antiderrapantes nesses ambientes.

Além disso, pra quem tem crianças pequenas em casa, também é indicado usar materiais antiderrapantes por baixo de tapetes tradicionais ou até mesmo retirá-los do ambiente por determinado período pra evitar quedas.

Tenha cuidado com o fogo

As crianças devem sempre se manter distantes do fogo, inclusive do fogão, afinal, trata-se de um utensílio doméstico que é capaz de comprometer a segurança da casa. Na prática, muitos casos de acidentes domésticos graves ocorrem por descuidos com esse item.

Uma boa medida de segurança pra quem tem criança é procurar sempre usar as bocas de trás do fogão, pois isso dificulta o acesso dos pequenos, além de sempre se lembrar de manter os cabos das panelas virados para o lado de dentro, para que não seja possível puxá-los.

Guarde os objetos pontiagudos

Os objetos pontiagudos e que podem causar acidentes devem ser mantidos em locais apropriados e que as crianças não tenham acesso, como em caixas de ferramentas com tranca ou em armários e gavetas altos. É o caso, por exemplo, de itens como facas, tesouras, utensílios de vidro etc.

Mantenha a casa bem limpa

As crianças, em geral, são mais sensíveis do que os adultos e podem desenvolver alergias com facilidade. Por isso, é preciso ter ainda mais atenção com a limpeza, sendo preciso combater o acúmulo de pó em locais como cortinas, sofás e tapetes, assim como manter a higiene do chão e das superfícies dos móveis. Trata-se de um cuidado simples, mas que é capaz de manter a criança mais saudável e segura.

Medidas de segurança em apartamentos

As famílias que moram em apartamentos precisam ter ainda mais cuidado com as crianças, uma vez que são ambientes que, de maneira geral, podem apresentar mais riscos. Pensando nisso, vamos apresentar algumas medidas de segurança importantes!

Use telas de proteção

Quem mora em apartamentos e tem crianças deve ter atenção redobrada com as janelas da casa. Pra evitar qualquer tipo de acidente com janelas, o ideal é instalar telas de proteção e sempre se manter por perto quando a criança quiser olhar a rua.

Tenha cuidado com a piscina

Muitos condomínios têm piscinas em suas áreas comuns. Nesse caso, pra evitar acidentes, o ideal é que as crianças só frequentem esse local com a supervisão de um adulto por perto que saiba como agir em uma situação de perigo, como afogamento.

Prefira optar por toalhas curtas ou jogos americanos

Como em apartamentos a sala de jantar costuma ser integrada a outros ambientes da casa, no momento das refeições é interessante evitar o uso de toalhas de mesa compridas demais. Isso porque elas oferecem riscos para as crianças em casa, especialmente para as que são menores e enquanto andam usam os móveis de apoio pra se equilibrar.

De maneira acidental, a criança pode puxar a toalha e se machucar com a queda de líquidos quentes e objetos pesados ou pontiagudos. Assim, opte por toalhas curtas ou jogos americanos, que tornam a sala de jantar mais segura.

Como fazer modificações pra garantir a segurança das crianças

Todos os anos, milhares de crianças vão parar nos hospitais por causa de acidentes domésticos. Os motivos são os mais variados: queimadura, queda, ingestão de corpos estranhos ou produtos químicos etc.

Os cuidados com os pequeninos devem ser constantes, já que muitos deles são bem bagunceiros e curiosos, e não compreendem o senso do perigo. Principalmente os mais novinhos.

Com isso, algumas medidas dentro de casa podem ajudar a evitar possíveis problemas no futuro, como as seguintes:

  • coloque proteção de tomadas, pra evitar choques;
  • recolha os fios de eletrodomésticos — uma boa opção é prendê-los com elásticos;
  • evite móveis com rodinhas e posicione-os longe de janelas, sempre que possível;
  • coloque proteção nas pontas de mesas e móveis pontiagudos;
  • prenda cortinas pra evitar asfixia — também por essa razão, prenda os cobertores e lençóis nos “pés” da cama;
  • lembre-se de que, ao optar por beliches, elas devem ter grades;
  • instale redes de proteção em janelas e varandas;
  • mantenha sempre os produtos químicos em lugares altos e trancados;
  • os objetos cortantes (facas, garfos, copos de vidro, espetos etc.) devem ficar em gavetas ou armários com travas seguras;
  • fósforos e isqueiros também precisam ser mantidos em áreas de difícil acesso ou trancadas;
  • se possível, deixe o botijão de gás do lado de fora;
  • lembrar sempre de colocar o cabo das panelas, no fogão, virado pra dentro;
  • nunca deixe a criança no banheiro sem a supervisão de um adulto;
  • mantenha a tampa do vaso sanitário sempre fechada — pode até ser interessante adquirir uma trava;
  • certifique-se de que o piso do banheiro está sempre seco e coloque tapetes antiderrapantes em áreas onde pode ficar molhado;
  • disponha medicamentos e cosméticos em armários altos que a criança alcança — se os armários foram baixos, tranque-os.

Agora que você já conhece alguns cuidados que devem ser adotados por quem tem crianças em casa, lembre-se de colocar as nossas dicas em prática e se manter sempre atento, afinal, todo cuidado é pouco quando se trata de nossos pequenos!

Gostou dessas dicas? Então, aproveite e confira como montar um quarto compartilhado para as crianças!  

A Direcional está presente em 13 estados e no Distrito Federal e há mais de 40 anos garante o sonho da casa própria para milhares de pessoas. São mais de 180 mil unidades entregues e outras centenas em construção em todo o território nacional.

  • +40
    Anos de Mercado
  • 13
    Estados brasileiros e Distrito Federal
  • + 6 mil
    Colaboradores
  • + 180 mil
    Unidades entregues e/ou incorporadas