Tipos de pisos: quais os melhores para sua casa?

Tipos de pisos: quais os melhores para sua casa? Riva Incorporadora

Assim como em muitos aspectos que são decisivos para reforma ou construção de um imóvel, a escolha do tipo de piso certo é um fator de grande importância. Isso porque existem diferentes tipos de pisos e cada modelo é mais indicado para determinado uso ou lugar em que será colocado.

Sem tempo para ler? Clique no play para ouvir.

Logo, além de pensar nos custos e na estética de cada piso, é preciso entender qual é o mais indicado para cada cômodo e função. Entre as diferentes opções, as particularidades devem ser analisadas para que a decisão seja embasada por meio de conhecimentos práticos e técnicos. Mas, se você ainda não sabe como fazer a melhor escolha e optar pelo tipo de piso certo, não se preocupe.

Neste artigo, vamos apresentar os principais tipos de piso e dar dicas sobre como escolher o ideal para cada lugar da casa. Se você tem dúvidas sobre o assunto, não deixe de conferir este artigo. Acompanhe!

Quais os principais tipos de piso?

Contar com o revestimento certo é fundamental para garantir mais conforto, deixar o cômodo mais bonito e funcional. Existe uma grande variedade de pisos disponíveis no mercado, que podem variar conforme a tonalidade, o acabamento, formatos, superfícies e muito mais.

Para acertar na escolha e se decidir por aquele que melhor se adéqua a cada ambiente da casa, é preciso conhecer as diferentes características de cada tipo de piso. Pensando nisso, separamos os principais tipos de piso disponíveis no mercado, e apresentaremos as suas principais características. Veja a seguir!

Porcelanato

O porcelanato tende a ser uma escolha muito comum de diversos clientes porque deixa os espaços com uma aparência sofisticada e visualmente bonita. É, também, um material muito resistente e com baixa porosidade, já que o tratamento do material acontece por meio de uma prensagem de alta tecnologia que utiliza temperaturas muito elevadas para a sua confecção.

Com isso, se torna um piso impermeável e que pode ser indicado para qualquer ambiente de uma casa ou imóvel empresarial. Existem muitas formas, cores e tonalidades de porcelanato. Além disso, o material pode simular outros tipos de matérias-primas, como a madeira.

Vinílico

Esse tipo de piso funciona como uma opção mais sustentável, já que é um revestimento feito com o uso do PVC. No entanto, quando feito corretamente, fica muito parecido com a madeira ou o laminado.

Com uma instalação semelhante à da madeira, em que as tábuas de vinílico são colocadas lado a lado, o material não suporta o uso de água, fazendo com que não seja indicado para banheiros ou cozinha.

Cerâmica

Os pisos de cerâmica são bastante utilizados e conhecidos no mundo da construção, e costumam compor os cômodos da cozinha e do banheiro. Isso ocorre porque esse é um material bastante resistente e que conta com uma boa durabilidade. Além disso, é um material muito indicado para áreas em que é preciso utilizar a água para diferentes finalidades.

Os azulejos de cerâmica são muito comuns para essa finalidade. Além de deixar o espaço esteticamente bonito e contar com diferentes valores de compra, ainda podem ser moldados com formatos geométricos muito personalizados e variados. É uma das opções mais funcionais e acessíveis do mercado.

Outro fator que faz desse material ideal para o banheiro e cozinha é a facilidade de limpeza constante, já que esses são espaços que precisam de higienização quase que diariamente. É importante saber que existem diferentes tipos de cerâmica e que elas variam de acordo com a resistência e abrasão do material.

Laminado

Esse é um revestimento muito procurado por quem deseja fazer uma mudança na casa, sem a necessidade de reforma. Afinal, as chapas amadeiradas feitas de HDF (abreviação de High Density Fiberboard ou Painel de Fibras de Alta Densidade), podem ser colocadas por cima de outro piso mais antigo, conferindo mais agilidade e facilidade na mudança do ambiente. Além de proporcionar uma sensação térmica agradável, a limpeza do material é bastante prática, basta um aspirador de pó e um pano úmido para que esteja higienizado.

Mármore

Muito utilizado para diferentes ocasiões, o mármore pode variar bastante em relação às cores, preços e estilos dos projetos. Contudo, esse material costuma ficar muito escorregadio quando em contato com a água.

Esse material, que é uma rocha oriunda de minerais de calcita com diferentes colorações e formatos, deixa o ambiente muito bonito e sofisticado. Contudo, como o país não é um forte produtor dessa rocha, o custo de fabricação costuma ser mais elevado.

Granito

Esse material, formado a partir dos minerais, mica, quartzo e feldspato conta com uma grande durabilidade e sofisticação para os ambientes internos. Além da resistência, esse é um material que não arranha e pode ser polido diversas vezes, fazendo com que pareça novo ao longo dos anos.

Logo, a beleza estética, funcionalidade e facilidade de limpeza fazem com que esse seja um material ideal para diversos cômodos da casa.

Cimento queimado

Um revestimento muito fácil de ser colocado é o cimento queimando, que deixa o ambiente com um visual rústico e contemporâneo. Para que a aplicação seja feita corretamente, entretanto, é preciso contar com uma superfície lisa e bem nivelada.

Além disso, ele pode ser combinado com outros revestimentos, como cerâmica, ladrilhos e muito mais. É um material muito resistente, com boa durabilidade e preços vantajosos para quem deseja economizar e garantir uma estética atraente e funcional.

Quais os melhores lugares para cada tipo de piso?

Para cada lugar da casa, existem tipos de piso que são mais indicados ou mesmo restritos. Isso porque, como foi possível ver, cada tipo de piso tem características específicas e a boa utilização é recomendada para que a durabilidade do material seja otimizada.

Confira abaixo os pisos ideais para áreas internas e externas.

Tipos de piso para área interna

  • cerâmica;
  • porcelanato;
  • laminado;
  • vinílico;
  • madeira.

Tipos de piso para área externa

  • cimento queimado;
  • cerâmica;
  • madeira natural;
  • pedra natural;
  • tijolo.

A escolha do tipo de piso é fundamental para otimizar o tempo de duração do material e deixar o ambiente mais funcional e esteticamente atraente, tanto os pisos para apartamento quanto para casa. Portanto, para se decidir entre tantas opções, é fundamental analisar as prioridades do projeto, fazer uma boa avaliação do orçamento disponível e estudar a viabilidade da obra. Assim, as opções e os tipos de piso ficam mais segmentados e se adaptam às necessidades e possibilidades para que o projeto saia do papel.

Se você gostou das nossas dicas, siga agora mesmo as nossas páginas do Instagram, Facebook, LinkedIn, YouTube, Twitter e Pinterest, e tenha acesso a mais conteúdos como este.

CTA sidebar 3 Tipos de pisos: quais os melhores para sua casa?

A Direcional está presente em 13 estados e no Distrito Federal e há mais de 40 anos garante o sonho da casa própria para milhares de pessoas. São mais de 180 mil unidades entregues e outras centenas em construção em todo o território nacional.

  • +40
    Anos de Mercado
  • 13
    Estados brasileiros e Distrito Federal
  • + 6 mil
    Colaboradores
  • + 180 mil
    Unidades entregues e/ou incorporadas