Chuveiro a gás e chuveiro elétrico: saiba qual escolher

Chuveiro a gás e chuveiro elétrico: saiba qual escolher Riva Incorporadora

Chuveiro a gás ou elétrico? Está em dúvida de qual modelo instalar na sua casa? Confira as dicas!

Quando o assunto é banheiro, existe uma dúvida que muitas pessoas compartilham na hora de construir ou reformar a casa: vale mais a pena usar chuveiro a gás ou chuveiro elétrico? Essa é uma questão relevante para planejar desde a decoração até a instalação. Por isso, há diversas considerações que precisam ser observadas na hora da escolha.

Para tornar esse trabalho mais simples, nada melhor do que conhecer as vantagens e as desvantagens de cada modelo de chuveiro. Essa é a melhor maneira de esclarecer as dúvidas e, com isso, fazer a escolha que mais se alinhe às suas necessidades, às instalações da casa e ao planejamento financeiro.

Sendo assim, o que acha de conhecer as principais diferenças entre o chuveiro a gás e o modelo elétrico? É só acompanhar este artigo!

Como funciona um chuveiro a gás?

Um chuveiro a gás funciona com o apoio de um aquecedor. Esse aparelho costuma ser instalado ao lado de fora do banheiro e utiliza Gás Liquefeito de Petróleo (GLP) para gerar calor. Por conta disso, necessita uma tubulação adequada para a passagem segura do fluido e para prevenir vazamentos.

Para saber se você pode instalar chuveiro a gás no seu lar, é preciso conferir a planta do apartamento. Em alguns imóveis, já existe a tubulação pronta. Em outros, é necessário verificar se é possível realizar uma reforma para instalá-la com profissionais especializados, principalmente para prevenir o vazamento de gás e reduzir os riscos.

Uma das principais vantagens do chuveiro a gás é que a água vem sempre aquecida. Desse modo, não é preciso aguardar um tempo até que esquente e ofereça o conforto térmico adequado. Além disso, não precisa de eletricidade para funcionar, o que pode ajudar muito a ter mais economia no orçamento doméstico.

Como funciona um chuveiro elétrico?

O chuveiro elétrico, por sua vez, utiliza uma resistência interna para aquecer a água por meio do efeito joule. Ou seja, promove a transformação de energia elétrica em térmica. Desse modo, funciona de forma mais simples, mas com a necessidade de consumo de eletricidade.

Assim como no caso do chuveiro a gás, a instalação deve ser feita com um profissional especializado para evitar riscos ou danos elétricos. No entanto, a aplicação do aparelho é muito mais simples, assim como o sistema.

Uma das desvantagens do modelo é a necessidade de manutenções frequentes e de troca da resistência. Por outro lado, é uma opção mais sustentável, já que consome menos água – a vazão é menor durante o aquecimento. Além disso, é tradicional no Brasil, sendo possível encontrar chuveiros elétricos com muito mais facilidade nas lojas e nas residências, adaptando-se bem aos apartamentos.

Qual é a diferença do chuveiro a gás para o chuveiro elétrico?

A principal diferença entre chuveiro a gás e elétrico é o tipo de aquecimento. Enquanto um utiliza o GLP, outro usa a eletricidade como fonte de calor. Além disso, as instalações envolvem circuitos diferentes e específicos.

Vale a pena destacar também a usabilidade dos chuveiros. No caso do elétrico, é possível encontrar aparelhos que oferecem variações de temperaturas, como inverno e verão, que podem chegar a 50°C, a depender do modelo utilizado. Dessa forma, favorece a experiência e ajuda a encontrar um conforto térmico.

Já o chuveiro a gás entrega aquecimento para o seu banho desde o primeiro segundo. Com isso, torna-se também uma opção confortável e segura quando as instalações são devidamente realizadas, mesmo nos momentos de queda de energia.

Qual é mais vantajoso: chuveiro elétrico ou a gás?

Tanto o modelo a gás quanto o elétrico apresentam um conjunto de vantagens e desvantagens. Por esse motivo, para definir qual é o mais vantajoso, é necessário avaliar quais são as preferências de cada pessoa e as condições do imóvel para facilitar a instalação, além de vários outros fatores

Quer ajuda na escolha? Confira os principais pontos que cada tipo de chuveiro apresenta como benefício para o seu banho!

Vantagens do chuveiro elétrico

Para falar das vantagens de usar o chuveiro elétrico no seu apartamento, é possível destacar algumas características:

  • é um modelo mais barato;
  • tem baixo custo inicial para a instalação;
  • usa o sistema elétrico, que é mais simples;
  • é compatível com a maioria das casas;
  • tem diversidade de modelos;
  • dispensa fornecimento de gás;
  • conta com mais economia de água;
  • não tem oscilações de temperatura durante o banho, uma vez que é regulada.

Vantagens do chuveiro a gás

O chuveiro a gás não fica para trás na hora de beneficiar os usuários durante o banho. No geral, esse modelo apresenta vantagens, como:

  • tem aquecimento instantâneo;
  • oferece uma maior vazão de água;
  • não necessita de sistema elétrico;
  • garante economia na conta de luz todo mês;
  • conta com designs mais discretos e que ajudam a combinar com a decoração do apartamento.

Como escolher o melhor chuveiro?

No geral, para facilitar a escolha do tipo de chuveiro que melhor se adapta ao seu banheiro, é importante considerar o que você tem como prioridade. Por exemplo, se a ideia é ter mais economia ao longo do mês, o modelo a gás se mostra como o mais interessante, embora possa ser necessário reformar o banheiro, a depender das instalações do prédio e do seu apartamento.

Por outro lado, se você deseja apenas praticidade para instalar o seu chuveiro, sem deixar de lado a qualidade do aparelho, a versão elétrica pode atender às suas expectativas. Por ser tradicional e se adaptar bem à maioria dos imóveis brasileiros, esse modelo poupa diversos trabalhos.

Em outras palavras, tanto o chuveiro a gás quanto o elétrico apresentam as suas vantagens. A boa notícia é que você já deu o primeiro passo para escolher o modelo que mais combina com o box do banheiro e que atenda às necessidades do seu lar. Agora, é só comparar os prós e contras de cada opção para saber qual instalar no apartamento!

Continue investindo no seu conforto e no seu imóvel. Confira também como caprichar na decoração de cada cômodo do apartamento!

A Direcional está presente em 13 estados e no Distrito Federal e há mais de 40 anos garante o sonho da casa própria para milhares de pessoas. São mais de 180 mil unidades entregues e outras centenas em construção em todo o território nacional.

  • +40
    Anos de Mercado
  • 13
    Estados brasileiros e Distrito Federal
  • + 6 mil
    Colaboradores
  • + 180 mil
    Unidades entregues e/ou incorporadas